segunda-feira, 5 de novembro de 2012

À Nª Srª da Paciência: obrigada!

E foram só 10 minutos. Dez minutos. Eu preparava a sopa e tirava uma máquina de louça e ela insistia comigo do seu quarto de brincar "A Maria está a limpar". Os sons vindos do quarto eram exactamente iguais aos que estou habituada a ouvir. Um puzzle a desmontar-se; bonecas a chorarem; legos a caírem ao chão; sons de animais de jogos de encaixe; chávenas a cintilarem...
Há mais ou menos uma hora que limpo, limpo, limpo, limpo e limpo um quarto que se dizia de brincar. Um shampoo de 500 ml virou detergente à luz dos olhos da minha filha e eis que quanto mais limpo mais espuma vejo à minha frente. O desespero maior já passou, mas a loucura da confusão de brinquedos misturados e espalhados pelo chão, a caixa dos laços do cabelo virada do avesso e os laços a colarem uns nos outros tal foi a quantidade de shampoo despejada em cima, mil toalhetes encharcados de shampoo e que serviram para a pequena limpar o seu quarto de brincar que por sinal até tem uma cozinha e um serviço de chá, os bancos e a mesa cobertos de shampoo, os cestos das fraldas com os forros verdes, a carpete completamente besuntada e uma mãe a abrir portas e janelas e a assoalhar o seu belo, encantado e perfumado lar, num dia lindo de sol. 
Ter crianças também é isto. Valha-me minha nossa senhora da Paciência. Um dia vou até ti, a pé de joelhos. Ai vou vou.
O condicionador já estava aberto e o hidratante ia pelo mesmo caminho.
Se tudo isto estava ao seu alcance? Eu achava que não. Jamais imaginava que ela se lembrasse de retirar todos os brinquedos de cima da estante e fizesse desta uma escada para se pôr em cima da cómoda onde permaneciam vários cestos, cada um com produtos de higiene pessoal, fraldas e laços do cabelo.
Como disse, o maior desespero já passou. Ao perguntar-lhe se colocou na boca disse-me "Não, mamã. Não é bom, não é bom, mamã". 
Bem, depois desta pausa em forma de desabafo, vou até ali continuar o limpanço que ainda está longe de ficar como acordou.

6 comentários:

  1. Amiga sem comentários, por cá é a prata da casa! Por vezes diz que que água para beber quando damos por ela, está a usa-la para lavar as bonecas!

    ResponderEliminar
  2. Ai meu Deus... nem quero imaginar!!!

    ResponderEliminar
  3. Nem quero imaginar o cenário! Uma vez o meu verteu um xarope da tosse...aquilo era melaço em todo o lado! :)

    ResponderEliminar
  4. nada como uma "bela surpresa" para animar o dia1 pensa positivo... o quarto dos brinquedos deve cheirar tão bem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um cheiro de enjoar. Não se aguenta. Grrrrrrrrrrr

      Eliminar