terça-feira, 16 de outubro de 2012

«A Maria come sozinha»

É  verdade que todas as crianças devem fazer uma alimentação saudável. Também é verdade que os pais devem incentivar o bebé a comer sozinho. Eu tento, juro que tento. Mas ultimamente, no que respeita ao primeiro aspecto, confesso que a M tem comido uma barrita Kinder, dia sim dia sim não. Os dias em que esteve mais febril desenvolveram em mim uma maior permissividade e um sentimento de desculpabilização. Desde então é o que é. Quanto ao comer sozinha, a Maria já o faz desde que passou a acompanhar os pais às refeições. Assim que fez um ano a pediatra aconselhou a chamada «dieta familiar», a qual consiste basicamente em comer «de tudo», sendo que temos que estar mais atentos aos temperos e condimentos. Em boa medida reduzir o teor de sal, o que se revela importante para todos e nunca abdicar da sopa de legumes. Podemos então concluir que esta mudança no plano alimentar da Maria trouxe vantagens/ bons hábitos também para a restante família, a qual passou a ter maior cuidado nos cozinhados.


Preciso urgentemente de reforçar o stock de babetes tamanho XXL

Com a M a crescer a olhos vistos, esqueço-me frequentemente de levar babetes quando saio e mesmo em casa, por vezes, distraio-me deste pormenor que, digamos, pode fazer a diferença entre usar a mesma roupa um dia inteiro (ou não)  e evitar o desgosto de uma peça nova com manchas difíceis de sair.



Durante o incentivo ao «comer sozinha(o)» ter em atenção:

- que ingerem a quantidade de alimentos necessária;

- que não desperdiçam comida de uma forma propositada;

- que têm o babete vestido!

E agora sim, bom apetite!


[Apesar da insistência da Maria «A Maria come sozinha», «A Maria come sozinha», ainda sou eu que dou a sopa. Se por um lado fico com a certeza que comeu a quantidade desejável, por outro também tenho a certeza que não houve desperdícios nem roupa suja] 

8 comentários:

  1. Estas fotos parecem do anúncio da Skip- "É bom sujar-se!" :)
    Adoro o pormenor das unhas cor de rosa. É mesmo menina!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "É bom sujar-se" e é bom testar os limites da paciência da mãe!!!
      As unhas cor de rosa estão um bocado para o pindérico, confessemos, mas foi a pedido dela e eu lá decidi fazer a vontade.
      São dias e dias seguidos a tempo inteiro com a Maria. Com tudo o que isto tem de bom e de menos bom. Às páginas tantas já cedo a caprichos que ainda não devia, tendo ela ainda 23 meses.
      Sim, ela é mesmo muito menina :)
      Beijinhos

      Eliminar
  2. A minha filha ainda não come sozinha. E quando eu tento come muito pouco, por isso sou sempre eu a dar-lhe.
    Também já lhe pintei as unhas de cor de rosa e é mesmo pind´rico... mas elas gostam!
    Bjitos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vanessa, no que toca à sopa, a qual considero fundamental na alimentação da Maria, também continuo a dar-lhe. Aliás, a propósito disso, acrescentei uma nota ao post porque dei a ideia de que a Maria já comia tudo sozinha e não.
      As unhas e os vernizes... meninas, meninas!!!
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Nestas idades a hora da refeição é sempre uma aventura :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo! Tento sempre dar-lhe a sopa antes de servir o jantar, por exemplo. Acho que depois é tudo mais fácil e quer ela coma mais ou menos é-me indiferente, desde que antes tenha comido a sopa.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Bom dia. Obrigado pelo comentario e parabens pelo blogue, pela filha linda e pela escrita. Quando eu fizer os ateliers infantis e aviso a cristina e vconto com a minha Conchinha e com a amiguinha!!! Um beijinho e ate breve. Graça Paz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Graça :)
      Mortinha por levar a Maria a um atelier de pintura!
      Beijinhos e continuação de bom trabalho.

      Eliminar